segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Anti-Flag no Brasil

Foto por Dustin Rabin

A passagem da banda Anti-Flag já é um produto de estupidez. Não vou fazer um discurso radical referente a indústria do entretenimento e o capitalismo tão criticando pelo Anti-Flag, que ao assinar com uma grande gravadora ( a RCA ) passou a fazer parte da indústria. No meu ponto de vista é importante uma banda e outra nesse circuito comercial, ainda mais quando em determinados aspectos leva um discurso fora do consenso fabricado tão forte no meio artístico. A estupidez em questão é o release divulgando na página Zona Punk, que se diz maior portal de notícia punk. Vou reproduzir um trecho: “A banda promete uma apresentação repleta de discursos politicamente corretos.” Uma frase com total falta de conteúdo político, ao menos completamente contraditório com as mensagens das letras da banda Anti-Flag. Os discursos deles não são “politicamente correto”, no sentindo moralista e superficial, passa longe disso, é um discurso político, em que a mensagem é claramente pacifista, de mobilização e da organização popular. Enquanto o “politicamente correto” remete as campanhas assistencialistas, sem caráter político e de mudança social. Aí fica a minha dúvida: O conceito “politicamente correto” é um erro da produtora da turnê brasileira ou dos agenciadores gringos ou da página Zona Punk. Alguém tem uma resposta?

4 comentários:

alfakini disse...

Porra, punk pra caralho:

"Pista: R$ 100,00
Mezanino: R$ 140,00
Camarote: R$ 180,00"

Nesse aí vai dar só Supla, isso sim.

Anônimo disse...

É uma pena que o Anti-Flag tenha assinado com uma grande gravadora. Espero que ao menos sua música não sofra influência da indústria.

Mau Humor Zine disse...

já faz uns anos que assinaram com uma major. os discos estão com uma sonoridade mais pop. eu não fico mto ligado nesse aspecto, pois acredito que seja de grande importância bandas com mensagens políticas radicais na grande indústria, é bom um dissenso.
agora, os valores é uma merda mesmo. a nossa realidade econômica não permite uma maior adesão aos shows deles.na verdade, a banda tem grande responsabilidades, pois os caches são altos pra caralho. deveria ter um maior controle nisso tudo. e se tem exemplos, como o Fugazi e tantas outras bandas que fazem um controle nesse processo.

Rafael disse...

Zona Punk e Punk Net são duas piadas sem graça. Para se ter uma idéia, um dos sites (não sei do outro) COBRA R$ 40 para fazer uma resenha do cd que você enviar para os caras divulgarem. Punkões estes caras.